A Jornada da Transformação Digital

Ultimamente as empresas possuem um conhecimento avançado sobre cloud computing. Mas ainda encontram barreiras, medos e receios para fazer essa mudança de transformação digital em suas empresas. Para realizar essa mudança a empresa precisa realizar alguns pontos, tanto de riscos como planejamento. Pois, o que é certo é que tal transformação não será uma virada da noite para o dia.

Pontos de riscos a serem levantados para a transformação digital.
• Conectividade.
• aumento do número de gargalos operacionais;
• necessidade de manter sistemas legados em ambientes com maior controle.
• ferramentas que usam muitos recursos ou que precisam ter grande escalabilidade;

Sabe-se que podemos operar a nuvem de forma hibrida (parte ambiente local e parte em Cloud), e parte totalmente em Cloud.

Tendo esses cenários os ganhos já são relevantes, como:

• Maior segurança no ambiente de data center;
• Facilidade no acesso;
• Redução dos custos com infraestrutura própria;
• Flexibilidade na contratação de recursos;
• Restauração e Backup facilitados;
• Mais flexibilidade;
• Mais agilidade;
• Proteção de dados;
• Facilidade no compartilhamento das informações.

Atividades pós migração.
Uma vez que toda a empresa tenha migrado para a nuvem, é necessário avaliar o que foi feito, identificar erros e garantir que os novos serviços sejam facilmente integrados aos processos da companhia. Ao mesmo tempo, deve-se mensurar os resultados do investimento e efetuar qualquer mudança que ainda seja necessária. Nesse contexto, assim como nas etapas de implantação, o papel do suporte, quando finalizada a migração, ganha ainda mais importância, pois ele auxiliará profissionais e usuários a garantirem que tudo funcione como o esperado, mitigando erros, eliminando falhas e tornando o uso dos serviços de cloud computing mais simples.

Garanta que os profissionais da área estarão treinados para apoiar todos os demais na utilização dos serviços de cloud computing.
Isso inclui a criação de uma documentação abrangente, que possui todos os principais processos de troubleshooting a serem utilizados caso algo ocorra. É importante que o time de suporte esteja disponível continuamente nos primeiros dias de uso das novas ferramentas, pois é neste momento em que a maioria das dúvidas e erros ocorrem. Em outras palavras, a maneira como a empresa enfrenta as dificuldades dos primeiros dias terá um impacto direto no sucesso da migração para a nuvem.

Se você tem interesse em saber sobre mais informações sobre a jornada para a transformação digital do seu negócio, entre em contato conosco! Somos experts no processo de implementação.

Matéria feita por nosso Microsoft Delivery Manager – Felipe Furlaneto

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top