Aumentando a segurança em nuvem com o Oracle Cloud Guard e o Oracle Security Zones

Obtenha uma visão unificada da postura de segurança na nuvem. Com o Oracle Cloud Guard e o Oracle Security Zones você detecta recursos configurados de forma incorreta e atividades inseguras entre tenants, fornecendo aos administradores de segurança visibilidade para fazer a triagem e resolver problemas de segurança na nuvem.

Enquanto diversas empresas aceleram as iniciativas de transformação digital, elas reordenam agressivamente as operações e repensam em inúmeros modelos de negócios com serviços em nuvem, essa ampla adoção também está criando oportunidades para os cibercriminosos conduzirem fraudes cibernéticas.

Constantemente, as empresas evitam as boas práticas comprovadas e tornam difícil, se não impossível, avaliar e gerenciar o risco com precisão. Como essas organizações se movem rapidamente para transformar digitalmente suas operações, controles de segurança eficazes costumam ser deixados de lado. 

Por isso, separamos neste post alguns tópicos de segurança em nuvem, e como esta tecnologia pode ajudar o seu negócio contra a criação de brechas para a atuação de cibercriminosos!

Uma estratégia de segurança dupla para gerenciamento de postura de segurança

O Gerenciamento de postura de segurança do Oracle Cloud Infraestructure (OCI) consiste em dois serviços de segurança em nuvem:

  • Oracle Security Zones: Composto por compartimentos especiais projetados para aplicar políticas de segurança implícitas e explícitas;

  • Oracle Cloud Guard: Um serviço de segurança de processamento de dados escalonável que atua como centro de comando para o gerenciamento de postura de segurança em nuvem da Oracle. O Oracle Cloud Guard oferece uma visão abrangente da postura de segurança e risco dos tenants de um cliente no Oracle Cloud Infraestructure(OCI).

Essa abordagem dupla ajuda os usuários do Oracle Cloud a implementar com segurança desde o primeiro dia e fornece os meios para monitorar continuamente a segurança e os riscos em todos o ecossistema da infraestrutura da nuvem.

Outros requisitos importantes para manter os dados da nuvem seguros

Atualmente, diversas empresas recebem uma ampla variedade de ferramentas de segurança para proteger seus ambientes ao mover cargas de trabalho e dados para a nuvem. No entanto, algumas destas ferramentas vem com instruções personalizadas e são oferecidas como serviços individuais, esperando que os usuários saibam como os serviços de segurança da nuvem funcionam, como configurá-los corretamente e como manter suas implantações na nuvem. Embora não faltem opções de segurança, eles podem ser complicados de configurar e pode ser fácil cometer um erro em alguma parte do processo. Além disso, o ciclo incessante de phishing, malware e uma vasta variedade de serviços em nuvem mal configurados que aumentam os programas de segurança cibernética. Resultando em organizações enfrentando violações de dados e danos à marca, custos de recuperação e multas.

Listamos abaixo alguns requisitos importantes para manter os dados da nuvem seguros:

  • Responsabilidade de segurança e confiança compartilhada: 
    A confiança é fundamental na escolha de um parceiro de nuvem para sustentar sua extremidade do modelo de segurança compartilhada. As organizações devem ter uma compreensão clara das funções e responsabilidades, acesso a auditorias e atestados de segurança de terceiros independentes;

  • Automação e aprendizado de máquina:
    As ameaças estão se movendo na velocidade da máquina, enquanto a segurança corporativa tradicional analisa e reage na velocidade humana. A segurança moderna em ambientes de nuvem deve automatizar a detecção e resposta a ameaças. Ameaças avançadas exigem soluções de segurança que trazem um novo nível de sofisticação para previsão, prevenção, detecção e resposta de ameaças com aprendizado de máquina;

  • Defesa avançada: 
    Múltiplas camadas de segurança em toda a pilha de tecnologia devem incluir controles preventivos, de detecção e administrativos para as pessoas, processos e tecnologia certos para ajudar a proteger os data centers físicos dos provedores de nuvem;

  • Gerenciamento de identidade: 
    À medida que dispositivos móveis, aplicativos e usuários se tornam presentes em diversos lugares, a identidade se torna o novo perímetro. É fundamental controlar o acesso e os privilégios na nuvem e no local com base em credenciais seguras;

  • Conformidade contínua: 
    A conformidade regulamentar não é opcional, vale ressaltar que conformidade e segurança não são a mesma coisa. As organizações podem experimentar violações de conformidade sem uma violação de segurança, devido a desvios de configuração e erros por exemplo.
    É essencial que as empresas tenham uma solução de gerenciamento de nuvem que forneça dados abrangentes, oportunos e acionáveis relacionados à conformidade em seus ambientes de nuvem;

  • Separação de funções e acesso com privilégios mínimos: 
    Os princípios de separação de funções e acesso com privilégios mínimos são boas práticas de segurança que devem ser implementadas em ambientes de nuvem. Isso ajuda a garantir que os indivíduos não tenham direitos administrativos excessivos e não possam acessar dados confidenciais sem autorização adicional.

Aumentando a segurança no Oracle Cloud Infrastructure(OCI)

O Oracle Security Zones e o Oracle Cloud Guard são integrados ao Oracle Cloud Infrastructure(OCI) e estão disponíveis para todos os clientes da nuvem. A abordagem da Oracle determina que você possa obter visibilidade total de sua postura de segurança global e te possibilita identificar todas as áreas de risco.

Com a abordagem da Oracle para o gerenciamento de postura de segurança na nuvem, você pode reduzir as barreiras para implantar e manter a segurança na nuvem pública. Isso inclui:

  • Práticas recomendadas de segurança incorporada:
    O Oracle Security Zones fornece políticas implícitas e explícitas que ajudam a evitar a introdução de configurações de nuvem não autorizadas que colocam dados críticos em risco;

  • Gerenciamento e monitoramento de configuração centralizada:
    O Oracle Cloud Guard mantém a supervisão de todo o seu ecossistema de infraestrutura em nuvem da Oracle. Basicamente, o Oracle Cloud Guard é um serviço de segurança em nuvem de processamento de dados modular e altamente escalonável que recebe sinais da Oracle e de sensores de terceiros, detecta áreas de risco e as desliga antes que possam ser exploradas;

  • Correção automatizada:
    Os respondentes integrados do Oracle Cloud Guard podem gerar alertas, iniciar fluxos de trabalho de vários caminhos ou eliminar as ameaças que representam risco;

  • Segurança para todos os usuários do Oracle Cloud:
    O Oracle Security Zones e o Oracle Cloud Guard estão disponíveis no Oracle Cloud Infrastructure, fornecido como serviços nativos de infraestrutura sem a necessidade de compras adicionais.

E aí, o que achou deste conteúdo? Precisa de ajuda para adoção e implementação de novas tecnologias? Conte com os especialistas da inventCloud! Fale agora com um de nossos consultores e inicie já sua jornada para nuvem!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top