Entenda o que é Malware!

Descubra o que é malware, ameaça que já fez mais de 12 milhões de vítimas em 2021.

Entenda o que é Malware

Você sabe o que é malware? Malware é um termo muito abrangente para diversos tipos de softwares ou códigos com intenção maliciosa, eles não representam uma ameaça apenas para um computador, rede ou sistema, porque também são capazes de assumir controle dos equipamentos diretamente conectados a eles. Os objetivos dos malwares também são diversos: podem ser feitos para danificar, invadir, controlar e até desabilitar dispositivos. É possível dizer que a maioria das ameaças online são alguma forma de malware!

O que é Malware?
Malware é um termo que vem da fusão de “malicious” (“malicioso”, em inglês) com “software” e serve para definir qualquer tipo de aplicação cujo objetivo é causar danos ou qualquer tipo de prejuízo ao usuário: roubo de dados, interceptação de informações, sequestro de dados para resgate, bombardeio de anúncios, danos físicos ao sistema, corrupção de dados ou simplesmente irritação.

Malware, portanto, é uma definição abrangente que serve para categorizar desde aplicativos espiões, os spywares usados para monitorar seu comportamento e roubar seus dados, a ransomwares, que capturam o sistema, criptografam seus arquivos e exigem resgate para que você recupere acesso aos seus dados.

Malware e vírus são a mesma coisa?
Todo vírus de computador é um malware, mas nem todo malware é um vírus.

Vírus é um termo mais antigo, nascido no ano de 1990, e que em geral define um grupo de pragas virtuais que têm alta capacidade de reprodução.

O termo vírus vem caindo em desuso porque ele é insuficiente para classificar ameaças mais recentes. Ransomwares, worms, trojans, rootkits e adwares são todos tipos novos de pragas que têm comportamentos específicos e representam problemas diversos que vão além do que se entende por vírus.

Quais são os principais tipos de malware?
Adware
O adware é um tipo de malware relativamente inofensivo que está mais preocupado em ganhar dinheiro do que danificar seu computador. Apoiado por publicidade, ele exibe banners publicitários em janelas de sites e aplicativos.

Spyware
O spyware foi feito para te “espiar”. Esse malware se esconde em segundo plano e monitora o uso de internet e histórico de navegação do seu computador. Ele pode coletar senhas, detalhes bancários e e-mails e pode até realizar keylogging ou alterar as suas configurações de segurança. Todas as informações coletadas são enviadas a um usuário remoto, que também é capaz de baixar e instalar outras aplicações maliciosas sem a sua permissão. Um dos tipos mais recentes recebe o nome de Pegasus.

Vírus
Assim como um vírus biológico, um vírus de computador é um tipo de malware que se espalha de hospedeiro em hospedeiro ao se reproduzir. Anexo a arquivos e programas, ele pode se alastrar através de downloads na internet, e-mails, mídias sociais ou mensagens de texto. O dano infligido por vírus varia de pequenos aborrecimentos, como alterações no seu plano de fundo, a grandes falhas do sistema e perda total dos dados.

Worms
Em comparação aos vírus, os worms podem parecer bastante inocentes já que não causam nenhum dano ao sistema. O objetivo de um worm é replicar a si mesmo e se espalhar através de um disco local ou rede. Os worms também podem vir com “payloads” instalados para danificar um sistema ou extrair informações, mas esse nem sempre é o caso. Um dos mais famosos no mundo é o chamado Conficker.

Cavalo de Troia (Trojan)
Nomeados em homenagem à lenda grega, os cavalos de tróia se infiltram nos computadores pessoais ao se esconder em programas aparentemente inocentes, como vários aplicativos, jogos ou até mesmo arquivos de vídeo ou música. A partir do momento em que entram, eles podem criar aberturas para que os hackers invadam o seu sistema e coletem seus dados. Variantes como os trojans de acesso remoto chegam a permitir acesso e controle remoto completo a todo seu sistema, enquanto trojans bancários são especializados em adquirir credenciais e senhas de bancos.

Ransomware
O ransomware é uma das ameaças cibernéticas mais sérias por causa da sua capacidade de se espalhar rapidamente e causar danos significativos. Desenvolvido para gerar lucro, o ransomware infecta o dispositivo através de uma vulnerabilidade de sistema, criptografa todos os dados e impede o acesso do usuário. Depois, ele exige da vítima o pagamento de um resgate (ransom, em inglês) para decriptar os arquivos. Um dos tipos mais recentes desse malware recebe o nome de WannaCry.

Rootkit
Os rootkits são um tipo particularmente perigoso de malware. Quando infectam um dispositivo, eles buscam meios de adquirir altos privilégios de administrador no sistema para conseguirem realizar qualquer artimanha sem serem detectados.

Keylogger
Os keyloggers são uma espécie de software malicioso que acompanha tudo que o usuário digita em seu dispositivo. O objetivo é coletar senhas ou informações confidenciais que são trocadas através do aparelho. Além de altamente invasivo, esse malware também é de difícil detecção. Um dos mais recentes tipos recebe o nome de Snake Keylogger.

Cryptojacking
Com o cryptojacking, os criminosos cibernéticos se aproveitam do dispositivo das vítimas para minerar criptomoedas. Assim, sem conhecimento, os usuários acabam cedendo parte de seus recursos digitais para que os hackers gerem riqueza ilegal na rede.

Botnet malware
Sendo uma das maiores ameaças virtuais da atualidade, o botnet é em termos simples, uma rede formada por vários dispositivos que foram infectados por malware e atuam em conjunto para seguir as ordens do seu hacker criador. Essa rede é usada para enviar arquivos corrompidos e mensagens de spam ou realizar invasões em outros dispositivos.

Como proteger sua empresa dos malwares?
Muitos malwares antigos permanecem ativos até hoje, infectando diversas empresas e computadores pessoais desprotegidos. Para se proteger dessas ameaças, existe um conjunto de boas práticas que você pode seguir:
1º Use senhas fortes e sempre que possível, opte pela autenticação em dois fatores quando logar no seu e-mail, redes sociais, entre outros;
2º Evite clicar em anúncios pop-up enquanto navega na Internet;
3º Nunca clique em links estranhos e não verificados em e-mails, textos e mensagens de redes sociais;
4º Ao acessar qualquer site, preste atenção no domínio. Tenha cuidado com aqueles finalizados em “.net”, “org”, “edu” ou “biz”.
5º Não baixe software de sites não confiáveis;
6º Certifique-se de que seu sistema operacional, navegadores e plugins estejam sempre atualizados;
7º Faça backup de seus dados regularmente. Se seus arquivos forem danificados, criptografados ou bloqueados, você não sofrerá com os danos;
8º Baixe e instale uma solução de segurança preditiva, que verifica e bloqueia ativamente as ameaças contra o seu dispositivo.

A inventCloud é sua parceira na proteção contra ataque de hackers
Parece que cada vez mais os hackers estão à frente das medidas de segurança dos especialistas, não é? Dessa maneira, é fundamental que sua empresa conte com um parceiro que proporcione segurança e inteligência para conter os ciberataques.

A inventCloud é a sua melhor escolha quando o assunto é um parceiro confiável e estratégico em soluções eficientes de cibersegurança. Se você deseja obter uma avaliação de ameaça para a sua empresa, clique no botão abaixo e fale com um de nossos especialistas!

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Top